Últimas Noticias

FORGOT YOUR DETAILS?

Liquido Gerador de Espuma

LGE

LGE

O que é liquido gerador de espuma (lge)

LGE, Líquido Gerador de Espuma, ou como alguns especialistas também preferem, Líquido Concentrado Formador de Espuma, trata-se de um detergente líquido e concentrado, especialmente formulado para em mistura com a água pura, do mar ou salobra, formar uma espuma com características física-químicas especiais de resistência química e a temperatura elevadas.

Os LGEs inicialmente classificavam-se em formadores de Espuma Química ou Mecânica de baixa expansão. Com o tempo os LGEs formadores de Espuma Química foram gradativamente sendo obsoletados e substituídos integralmente pelos LGEs formadores de espuma mecânica de baixa expansão. Como o próprio nome informa, um formava espuma como resultante de uma reação química entre seus constituintes e o LGE formador de espuma mecânica, pela ação mecânica na mistura de LGE com água e ar. Como a espuma química, devido a uma série de inconvenientes fora desativada, tudo sobre o qual falarmos daqui em diante refere-se a LGE FORMADOR DE ESPUMA mecânica DE BAIXA EXPANSÃO.

Os LGEs formadores de espuma mecânica de baixa expansão classificam-se em três grandes famílias, descritas a seguir pela ordem como foram surgiram:
A- LGEs Proteinicos
B- LGEs Fluoroproteinicos, e
C- LGEs Sintéticos-Fluorados.

A- LGEs Proteinicos:
Os LGes Proteinicos foram desenvolvidos a partir de proteína animal. Apesar de possuírem característica superiores ‘a espuma química, havia o inconveniente da baixa estabilidade de estoque. Com o tempo surgiram alternativas que tornou este LGE pouco mais estável com a inclusão na sua formula de tensoativos fluorados, surgindo então os LGEs Fluoroproteinicos.

B- LGEs Fluoroproteinicos:
Como o próprio nome diz, trata-se de uma mistura de proteína (animal) e Compostos Fluorados. Esta mistura deu um ganho muito grande de qualidade na espuma formada e também no LGE. O concentrado ganhou estabilidade em tempo de estocagem e a espuma ganhou em fluidez e resistência térmica. A partir disto foi apenas uma questão de tempo para que a proteína fosse substituída completamente, embora ainda esteja em uso.

C- LGEs Sintéticos-Fluorados:
A ultima geração do desenvolvimento dos LGEs encontra-se neste estágio, sendo totalmente sintéticos e fluorados. Os ganhos em performance foram enormes podendo ser enumerados alguns destes:

> Maior estabilidade do concentrado em estoque.
> Maior fluidez da espuma na superfície do líquido em chamas.
> Possibilidade de uso com água doce do mar e salobra.
> Uso conjunto com pó químico seco, permitindo um melhor sinergismo na extinção.
> Melhor atuação em incêndio com derramamento de líquidos e incêndio “tridimensional”.
> Rápido abate ‘as chamas (rápido Knock Down).
> Aplicações com equipamentos sem aspiração de ar.
> Permitindo o uso em Chuveiros automáticos.
> Uso em extintores portáteis ou equipamentos pre-mix.
> Melhor selagem dos vapores devido a formação de filme aquoso.
> Melhora a atuação da água em incêndios da classe A, tais como papel, tecido, madeira, etc.

Mecanismos de Extinção de um LGE AFFF:

LGE: (6 litros)+ Água (94 litros) + Ação Mecânica + Ar = Espuma (300 a 1500 litros)
Espuma: (300 a 1500 litros) lançada na superfície = Colchão de proteção (área de 10 a 50 m2)

Colchão de espuma:
-Abafa: Isolando o combustível do comburente extinguindo as chamas.
-Contorna obstáculos: Devido sua boa fluidez, resultado da ação dos tenso-ativos fluorados, contorna mais facilmente obstáculos.
-Confina o incêndio: A espuma permite que o incêndio seja extinto por partes, mantendo a proteção nas áreas extintas e reduzindo a área em chamas.
-Resfria: Por conter na fase líquida pelo menos 94 % de água, atua também como um meio de troca de calor ajudando a resfriar a superfície do combustível e os obstáculos sólidos.
-Previne re-ignição: Protege a área extinta da re-ignição provocada por objetos quentes.
-Selagem dos vapores: A ação dos tenso-ativos fluorados, gerando uma maior rapidez da drenagem líquida, permite a formação de um filme aquoso que permanece na superfície do combustível e somado a espuma remanescente gera um excelente selador dos vapores combustíveis.


Continuando em Informações Úteis….

Cuidados a serem tomados em dias de temporais

Cordas, Voltas e Nós

Combustão é Fogo

Limpeza de Tubulações – Hidrantes/Sprinklers

Primeiros Socorros

Saiba o que é LGE (Líquido Gerador de Espuma)

Stress na Emergência

 


Outros Links…

Informações Úteis

Instruções Técnicas

Manuais de Sobrevivência

Telefones Úteis

Utilidade Pública

Sócio Ambiental

Entre em Contato

Click Aqui
Projetos, Treinamentos; NR33 e NR35, Cursos, CIPA, Palestras, Vendas de Produtos.
TOPO